202009280825

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Atraso na indenização não atrapalha entrega de armas

Por: EMANUELE NUNES FERNANDES

21/05/2005

O atraso no pagamento das indenizações aos que entregaram suas armas ao governo, na campanha nacional pelo desarmamento, não está impedindo o sucesso do empreendimento. As armas continuam chegando aos postos de recolhimento, onde os doadores são informados de que o pagamento prometido, que varia entre R$ 100 e R$ 300, pode demorar alguns meses.

A campanha, iniciada em 2004, já recolheu mais de 218 mil armas até o momento, em todo o país, segundo dados do Ministério da Justiça.

O delegado do 1º Distrito Policial da Vila Xavier, em Araraquara (SP), Arnaldo José D´Avoglio, informa que só houve problemas com o pagamento em três estados do País, onde o número de armas recolhidas foi muito maior do que o esperado. O policial estima que as indenizações para os que entregaram suas armas em Araraquara deverão ser pagas entre três meses a um ano.

O prazo para recebimento de armas foi prorrogado até o próximo dia 23 de junho. O governo reservou R$ 20 milhões para garantir as indenizações aos que entregarão armas dentro do novo prazo.

Um dos grandes entraves para o pagamento da indenização era a exigência de conta corrente em nome do beneficiário. Tendo em vista a crescente adesão da população à Campanha, o governo se viu obrigado a mudar o sistema. Agora, a ordem de pagamento pode ser feita em qualquer agência que a pessoa indicar; basta passar os dados corretos e o CPF de quem vai receber o dinheiro.

Segundo o coronel da PM e coordenador da Guarda Municipal de Araraquara, Nicolau Waldemar Lambort, a pessoa que tiver interesse na entrega, pode ligar para os números 190 ou 197, ou então para 0800 77 00 155.

Ao todo já foram 218 mil 847 armas entregues pela população, tendo sido pagos R$ 30 milhões em indenizações. Além de superar a meta, o País assistiu à redução do número de homicídios em função do Estatuto do Desarmamento. No Estado de São Paulo, os índices de homicídios recuaram 18%.

São Paulo ocupa o 1º lugar em números absolutos no ranking de armas entregues pela população à Polícia Federal, com 76 mil armas. Além da Polícia Federal, as organizações militares também recebem as armas entregues pela população.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/