Ageuniara

USP de São Carlos pesquisa aplicação do laser na Odontologia

Por: KLEBER JORGE SAVIO CHICRALA

16/04/2005

A Universidade de São Paulo(USP), de São Carlos (SP), criou um laboratório para as aulas práticas e pesquisas avançadas com equipamentos e técnicas de laser em tratamentos odontológicos.

Segundo a pesquisadora Dra. Rosane Lizareli, do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica da USP, "o laser é uma poderosa ferramenta de trabalho e pesquisa na odontologia, que pode ser caracterizado como um feixe de luz concentrado".

Segundo ela, da remoção de cáries ao tratamento de canal, o laser está recebendo uma atenção especial nas novas formas de tratamento odontológico, principalmente ao permitir a remoção de cáries sem danificar o tecido sadio do dente, o que não acontece com o uso do motor convencional.

O diagnóstico da estrutura e da vitalidade do dente com o uso do laser também é motivo de pesquisas, embora as pesquisas acabam de criar uma nova forma de tratar a mucosite oral, que pode ser definida como ulcerações na mucosa da boca de pacientes submetidos a altas doses de quimioterapia e à radioterapia.

Segundo dados do Laboratório Experimental de Laser na Odontologia(Lelo),nos últimos dez anos, foram produzidas 130 teses de dissertações, sendo que 75 saíram do mestrado profissionalizante e 55 da pós-graduação acadêmica, onde os recursos financeiros aplicados retornaram à população em novos equipamentos e tratamentos de última geração.

Outra vantagem do laser é a redução de infecções microbianas nos tratamentos dentários. Por meio de um processo de ablação do tecido doente, o laser causa microexplosões na dentina atingida pela bactéria, removendo a cárie e reduzindo em até 99,6% a população de microorganismos.

O paciente Marcio Loretti, que fez tratamento a laser para evitar dores, afirma ter obtido ótimos resultados.“Se houvesse conhecido antes teria utilizado mais vezes”.

Mesmo na área de estética, onde o clareamento dental é utilizado, as pesquisas mostram as vantagens do laser em relação ao tratamento químico comum.

Outro campo de aplicação é o tratamento de herpes labial, doença viral causadora de bolhas nos lábios. A apresentadora de televisão Ana Maria Braga recorreu ao laser para tratar de problemas resultado do tratamento de quimioterapia, destacando os benéficos diretos da ciência em seu programa de televisão.

O motivo que limita o uso do laser de alta intensidade é o alto custo do equipamento, que chega a custar em torno de US$ 60 mil. Mas com o tempo, quando a técnica e as pesquisas forem avançando, novas formas de tratamento, aplicações e equipamentos farão cair o valor e ampliará o uso no país, onde boa parte da população tem os dentes cariados e usam dentadura.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/