mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

CR realiza concurso de beleza

Por: PATRICIA MENEZES FERREIRA POMBO

29/10/2004

O Centro de Ressocialização (CR) Feminino de Araraquara (SP) promoveu no dia 22 de outubro, um concurso de beleza entre as detentas. O concurso ocorreu simultaneamente nas 10 unidades prisionais (Penitenciárias e Centros de Ressocialização Femininos) do Estado de São Paulo. Onze reeducandas disputaram quatro categorias: verso, prosa, beleza e simpatia. É a primeira vez que esse tipo de concurso é realizado no CR de Araraquara.

A apresentação ficou por conta da reeducanda Romilda Barbieri, presa há seis anos por tráfico de drogas. Um desfile com direito a passarela feita com areia, pétalas de rosas e treinamento de uma agência de modelos.

Um júri foi montado para escolher quatro detentas. Entre os sete jurados estava o colunista social e cabeleireiro Marcelo Corrêa, a empresária Aparecida Feliciano e o Prof.. Dr. José dos Reis, do Instituto de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista ( Unesp).

“Fazer parte desse processo de ressocialização das detentas ainda que apenas como jurado, é maravilhoso, dá um alento de esperança porque começamos acreditar nas pessoas.É uma outra visão do jornalismo social”, fala o jornalista Marcelo Corrêa, que aproveitou para agradecer a oportunidade e tecer elogios, “Foi muito bem organizado, em 10 anos trabalhando como jurado nunca vi tanta organização, o único problema foi no atraso, mas os funcionários não tiveram culpa”, acrescenta.

A empresária Aparecida Feliciano, que participou do júri conta que não conhecia o CR, mas possui uma parceria com o Centro de Ressocialização. “Elas costuram para a minha loja, sempre vem um costureiro aqui para ensiná-las. Quando elas saírem irão trabalhar comigo, na loja”, conta.

O estudante do quinto ano de Ciências Sociais da Unesp, José Luiz Costa acompanhou o evento.Ele realiza uma monografia sobre mulheres que vivem no cárcere. “O que mais me surpreendeu foi o vínculo de amizade entre elas e a alegria. Tudo isso é uma válvula de escape contra a solidão”, diz.

A diretora do CR feminino, Marisa Fonseca Monteiro Latore, diz que ficou nervosa. “É como se fosse ter uma festa na minha casa, fiquei com uma grande expectativa. Agora é só aguardamos a final no dia 11 de novembro, em São Paulo, na unidade prisional do Butantã”, comemora.As quatro finalistas de Araraquara (SP) disputarão o concurso com outras quarenta reeducandas de todo o Estado.

A reeducanda, Rosângela Dias da Silva, 25 anos venceu na categoria prosa. “Trabalho na biblioteca do CR e sempre gostei muito de ler e de escrever”. Sua prosa falava sobre a solidão de viver no cárcere. Na categoria verso Neide Sonega de Barros, 40 anos, levou a melhor. “Costumo escrever crônicas e versos quando estou empolgada”, conta.

As vitórias mais comemoradas pelas reeducandas e funcionárias ocorreram com Gisela Aparecida Zavaglio, 22 anos, que venceu no quesito beleza e Lucidalva Mariano da Silva, 40 anos, indicada ao prêmio de Miss Simpatia. “Ela é muito simpática, levanta o astral de todos aqui”, comentavam os funcionários do CR.

A vencedora do concurso, Gisela Aparecida Zavaglio, universitária presa por assalto à mão armada tem projetos para o futuro. “Pretendo voltar a estudar odontologia porque estava no primeiro ano e acabei cometendo um crime, de bobeira”. Assim como ela, a maioria das detentas tem como objetivo a retomada dos estudos após o cárcere.

O Centro de Ressocialização de Araraquara (SP) foi inaugurado em março deste ano e conta atualmente com 28 detentas, sendo o tráfico de drogas o crime cometido por 85% delas. Recentemente uma das reeducandas teve a liberdade concedida pela Justiça.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/