Ageuniara

Grupos musicais são proibidos de tocar em Ibaté

Por: JOSEANE APARECIDA DE FATI BORRI

30/09/2004

Grupos musicais de Ibaté (SP) estão revoltados com polícia. Motivo: eles foram proibidos pela PM ( Polícia Militar) de tocar em bares nos finais de semana. Os jovens da cidade também estão indignados devido à situação, pois esses grupos musicais eram diversão para eles.

Segundo o tenente da PM, Luiz Alberto Andrade de Almeida, essas bandas musicais foram proibidas de tocar porque estavam gerando brigas entre os freqüentadores do local. E também porque as pessoas que moram perto desses bares reclamaram do barulho.

“Essas bandas musicais normalmente juntam um aglomerado de pessoas que muitas vezes ingerem bebidas alcoólicas e provocam brigas, discussões e nós como autoridade temos o dever de proibir esse tipo de coisa”, diz.

De acordo com Elias Taveira de Freitas, integrante de uma banda musical, poucas vezes ocorreram brigas nesses locais, e normalmente eles tocavam à tarde para não incomodar as pessoas.

“É impossível mostrar nosso talento se as pessoas não derem espaço para nós. Não sabia que existia uma lei que proíbe a realização de eventos durante o dia. Muita gente gosta das músicas que a gente toca, nosso trabalho é honesto, como todos os outros, mas infelizmente não conseguimos agradar a todos”, desabafa Taveira.

Os munícipes também opinam: “Na cidade não existem programas legais para se fazer nos finais de semana e ainda os que existem agora são proibidos”, diz a estudante Fernanda Murer, que reside em Ibaté.

“Moro perto de um desses comércios que essas bandas tocavam e não tenho nenhuma reclamação a fazer, mesmo porque a cidade é quieta que um pouco de agito não faz mal a ninguém", diz Antonia Bertacini, outra moradora.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/