202009201637

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Hospital de Taquaritinga desenvolve "Projeto Catarata"

Por: ALINE MARIA LIZEO

20/08/2004

O Hospital de Olhos de Taquaritinga (SP) desenvolve o “Projeto Catarata” que atende cerca de 90 pessoas todos os dias, entre ambulatórios e cirurgias.

Desenvolvido pelo setor de Oftalmologia da Universidade de Campinas (Unicamp), através das campanhas de tratamento, tem como objetivo diminuir a alta freqüência de cegos por cataratas no Brasil.

A catarata inicia-se com uma pequena diminuição da visão, que piora com o passar dos tempos até causar deficiência visual mais grave.

Na maioria dos casos, a doença acomete os dois olhos, mas pode haver diferença importante do grau de visão entre um olho e o outro.

De acordo com Maura Guedes Barreto, enfermeira responsável pelo hospital, cerca de 55 cirurgias de catarata sâo realizadas por mês.

“As cirurgias beneficiam muitas pessoas da cidade e região, por isso a procura aumenta gradativamente”, diz Maura.

O oftalmologista Mario Ogata, explica que o único tratamento disponível é a cirurgia para remoção do cristalino opaco para que seja implantada uma lente intra-ocular.

“O implante da lente intra-ocular serve para dar às pessoas oportunidade de ter uma visão normal”, ressalta Ogata.

Ele ressalta ser muito importante que o “Projeto Catarata” e as cirurgias continuem sendo realizados para que tanto as pessoas mais carentes e até as mais diferenciadas tenham o privilégio de voltar a enxergar.

Isaura Nunes, 74 anos, foi uma das beneficiadas com a cirurgia e a implantação da lente intra-ocular e afirma ter realizado o maior de seus sonhos.

“Essa cirurgia foi a concretização de algo que um dia foi sonho e hoje é a pura realidade, me sinto renovada”, finaliza.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/