Ageuniara

Favelas preocupam Matão

Por: RICHARD JOSE SELESTRINO

30/06/2004

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o desemprego atinge 2,8 milhões de brasileiros resultando no aumento da miséria, mendicância, inadimplência e da criminalidade.

Em Matão (SP) uma das conseqüências é o surgimento de favelas.Os moradores da favela do Popular vivem em condições sub-humanas. No local faltam água, energia e rede de esgoto.

Cenira Alcacia de Paula, conhecida por andar toda cidade coletando papelão e plástico, vive na favela há quatro anos. Ela não lembra a última vez que teve registro em carteira, sonha ter sua casa e uma vida mais digna.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/