Ageuniara

Obesidade infantil: um dos maiores problemas de saúde para o futuro

Por: IGOR EMIDIO DA HORA SILVA

12/09/2017

De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade em crianças menores de cinco anos atingiu taxas preocupantes em países em desenvolvimento.

Com base no relatório da OMS, pelo menos 41 milhões de crianças, com menos de cinco anos, são obesas ou estão acima do peso no mundo. No Brasil, a tendência também preocupa, com um terço das crianças acima do peso ou obesas. No mundo pode chegar a 75 milhões em 2025, segundo previsões da OMS.

Atualmente, a obesidade infantil é um dos maiores problemas de saúde e, também, para o futuro, mas qual seria o responsável por esse maleficio?

A técnica de enfermagem, Elce Maria Alves, de Araraquara (SP), que trabalha na saúde publica, enxerga que o problema da obesidade infantil é um conjunto de uma série de fatores: "É um pouco de tudo, as crianças estão ficando muito sedentárias, os pais chegam em casa e não têm tempo de fazer uma comida adequada com legumes e acabam dando salgadinhos, chocolates. Com isso, as crianças vão ficando cada vez mais obesas, ainda mais se existir uma tendência familiar".

" A obesidade no Brasil já está aumentando e a tendência será só aumentar, principalmente nas classes mais baixas. A falta de dinheiro para fazer academia, ou até a falta de vontade de usar os lugares públicos para fazer atividades. E também uma dieta mais light é mais cara, pessoas de baixa renda acabam comprando bastante coisa que está em promoção, não tendo escolha numa carne mais magra e compram uma mais gorda. Optam por salsichas e embutidos, ainda mais com essa  crise, fica mais dificil  mesmo seguir uma dieta rigida", completa.

O que antes era visto como sinônimo de saúde, hoje chega a preocupar, até pelo surgimento precoce de doenças como hipertensão e diabetes, sendo relacionados por conta do sobrepeso.

Estimular atividades fisicas, diminuir o tempo dedicado a televisão e ao video game, controlar o ganho de peso durante a gestação e, principalmente, servir de exemplos para os filhos é uma das grandes soluções para acabar com a obesidade infantil.

Publicada em 12/9/2017 às 21h22.

 

 



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/