mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Nutricionista destaca benefícios do leite materno

Por: RICARDO FERREIRA DE BARROS

09/05/2017

Com baixo índice nos estoques de leito materno na Maternidade Gota de Leite, de Araraquara (SP), a nutricionista e coordenadora do posto de coleta Natalya de Souza Borges relata os benefícios do leite para o recém-nascido ,desde o momento do nascimento.

O leite materno é o alimento mais completo que existe para o recém-nascido e os que se alimentam do leite humano, desde os primeiros momentos, possuem uma maior chance de se recuperar mais rapidamente e ter uma vida mais saudável. Para o bebê, traz como benefícios o ganho de peso mais rápido, um melhor desenvolvimento e ajuda na prevenção contra infecções, alergias, diarreia, meningite e etc.

“O leite materno funciona como uma vacina, pois possui todos os anticorpos que o bebê vai precisar, além disso, ele tem uma melhor digestibilidade devido as suas proteínas diferentes as outras formas de leite que são feitas a partir do leite de vaca, e o leite materno é bem mais específico para o bebê” explica Natalya.  

Além dos benefícios para o bebê, também ajuda a mãe com o estabelecimento de uma relação emocional mais forte com o bebê designada através de um vinculo afetivo. Atualmente, sabe-se que com um melhor vinculo afetivo existe a facilidade da criança futuramente ter um melhor desenvolvimento e da maneira de se relacionar com outras pessoas. Além do ato da amamentação melhorar a formação da boca e o alinhamento dos dentes.

De acordo com Natalya, toda mulher que amamenta é possível ser uma doadora de leite, basta ser saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação e na doação. A mulher durante a fase de amamentação pode doar leite humano sempre que quiser, pois, quanto mais a mama é estimulada, mais leite ela será capaz de produzir.

Para primeira doação a mãe deve se dirigir até a Unidade de Coleta Gota de Leite, e fazer um cadastro, quando será  feita uma série de perguntas referentes ao pré-natal, sobre toda a gestação. É necessário que a doadora também traga consigo a carteirinha do pré-natal junto a carteirinha com os exames feitos quando o bebê nasce.

A gestante também deve fazer novamente os exames de hepatite B e C que são feitos somente no primeiro trimestre da gestação na própria unidade de coleta.  E, a partir dessa primeira coleta e das explicações de como o leite é coletado, a coleta  passa a ser feita na casa da gestante, que acontece todas as terças-feiras, onde se passa para coletar o leite doado e é entregado à doadora um novo kit para doação.

Natalya ressalta que para ser uma doadora de leite materno não pode ter nenhuma doença sexualmente transmissível, não pode fumar mais de dez cigarros ao dia, não pode fazer qualquer uso de drogas ilícitas, e verificar quais os medicamentos que faz uso, pois alguns medicamentos são permitidos e outros não.

Mais informações podem ser obtidas na Maternidade Gota de Leite de Araraquara – FunGota, que está localizada na Rua Carlos Gomes, 1610, o centro de  Araraquara (SP). O telefone para contato é  (16) 3305-1530. Pode-se obter informações também através do site     http://fungota.araraquara.sp.gov.br/

Publicada em 09/5/2017 às 20h58.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/