Ageuniara

Artista de Américo Brasiliense é selecionado para mostra de arte em São Paulo

Por: MATEUS CREMONEZI ABARCA

18/04/2017

Jorge Luís Lopes Júnior, 22 anos,  de Américo Brasiliense (SP), foi um dos 20 artistas selecionados para se apresentar em uma mostra de artes em São Paulo, que ocorrerá em julho deste ano. Ele será o artista mais jovem e único representante do interior do Estado.

Lopes conta que teve o primeiro contato com a arte, através das artes plásticas, aos 7 anos de idade. Aos 14 anos, começou a fazer fotografias, então, de maneira muito intuitiva, começou a experimentar a linguagem da fotografia.

Posteriormente, migrou para as performances e onde continua até hoje. “A performance surgiu no meu processo criativo como um meio de dar movimento as fotografias documentais dos meus estudos. Isso ocorreu de maneira muito orgânica e por ser recente, estou sempre pesquisando artistas que também se manifestam através desta linguagem”, diz.

 Em 2016, ele desenvolveu seu primeiro trabalho da categoria, o qual nomeou de “Tela da Pele”, a performance retrata o racismo e a violência policial de uma experiência vivida pelo próprio artista.

Lopes apresentará em São Paulo, uma performance chamada “O falecimento da Escuta”. O processo se dá através do estudo dos movimentos que são capturados em autorretratos e fará alusão ao silenciamento da pele negra e toda sua ancestralidade.

Já estão em seus planos, mais duas performances, que se chamarão “Espaços Iminentes” e “Abscesso”. A primeira, fará uma reflexão sobre as consequências do racismo no corpo, a internalização dos gestos e como o corpo abriga essas violências. A segunda, será sobre o tempo e as doenças que acometem o nosso país e como isso afeta o seu processo criativo.Perguntado sobre o que relata em suas obras, o artista diz que questiona a sua identidade, racismo e violência policial.

Expectativa

Sobre a expectativa da apresentação, Lopes declara que este é um momento muito especial para a sua trajetória artística não só pelo fato de morar em uma cidade do interior e não ter sido reconhecido pela sua arte, mas também por não ter tido meios de acesso para aprimorar as sua habilidades artísticas. "Vale ressaltar que isso é de extrema importância para qualquer ser humano. Essa vai ser a minha primeira exposição autoral. É um sonho que será realizado.Tem uma importância muito grande para o meu currículo, pois se trata de uma galeria de arte contemporânea com reconhecimento nacional, que realiza todos os anos uma seleção minuciosa de artistas da Arte Performance, brasileiros e estrangeiros, para uma mostra que acontece durante cinco dias.”

A mostra ocorrerá de 10 a 14 de julho na Galeria Vermelho e no dia 15 de julho no Galpão da VideoBrasil e se chamará “MOSTRA VERBO de Arte Performance 13ª edição”.

A Galeria Vermelho fica localizada na Rua Minas Gerais, nº 350 - Parque Fernanda, São Paulo - SP e o Galpão da VideoBrasil na Av. Imperatriz Leopoldina, nº 1150 - Vila Leopoldina, São Paulo – SP. 

Publicada em 19/4/2017 às 0h21.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/