mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Do infantojuvenil ao adulto: o sucesso e as mudanças nos filmes de super-heróis

Por: LEONARDO MARCO DA SILVA GERALDO

28/03/2017

Os filmes baseados em heróis de quadrinhos sempre chamaram a atenção do público infanto-juvenil, trazendo super-heróis com capas e cores. Desde o início do século, este tipo de produção cinematográfica vem ganhando espaço no ranking das maiores bilheterias de todos os tempos. Porém, atualmente, a ideia de heróis coloridos e com capas vem sendo deixado de lado em algumas produções, para dar lugar a um universo de heróis mais sombrios e histórias com mais realismo, conquistando também o público adulto.

Segundo o site Zero Hora, das 20 maiores bilheterias de todos os tempos, quatro são produções baseadas em heróis de quadrinhos. Para o estudante de Design Digital, João Gilberto Rodrigues do Nascimento, 18, de Araraquara (SP),  o sucesso do gênero deve-se a vários fatores, entre eles, o fato de que a infância da maioria das pessoas foi marcada pelos desenhos animados de super heróis.

“Muitos dos fãs assistiam desenhos infantis de super-heróis quando eram crianças, como nós, por exemplo, e agora que os super-heróis ganharam um espaço reconhecido no cinema, esses mesmos fãs vão fielmente vê-los nas telonas. Também se deve ao fato de filmes de super-heróis estarem ‘na moda’ atraindo uma boa quantidade de público” diz ele.

Sobre a possibilidade destes filmes ultrapassarem clássicos como “Avatar” e “Titanic”, que estão nas primeiras posições do ranking, Nascimento diz que é completamente possível, já que estão superando barreiras, citando como exemplo o Oscar de melhor ator coadjuvante do ator Heath Ledger, que foi o primeiro ator a ganhar a estatueta interpretando um personagem dos quadrinhos.

De acordo com o estudante de Teatro, Guilherme Popoli da Silva, 19, de Araraquara, o sucesso dessas produções deve-se às mudanças nas abordagem nas histórias do universo de heróis.  “Os filmes de heróis estão ficando cada vez mais adulto e menos infantil, com cenas de lutas mais intensas e bem coreografadas, as histórias abordadas são mais interessantes e as motivações dos personagens, muitas vezes, se aproximam das nossas” diz Silva.

O estudante, que sonha em ser diretor de cinema, cita como exemplo às produtoras DC e Marvel, que são mundialmente conhecidas por suas produções de histórias em quadrinhos (HQs) e filmes baseadas em super-heróis. “A DC vem com um tom mais sério para seus filmes desde Watchmen e Batman de Christopher Nolan. Para a Marvel Studios o filme que começa a aproximar suas produções para o lado mais real é Guerra Civil, pois mostra quais as consequências que um grupo como os Vingadores pode causar agindo de forma totalmente autônoma e sem analisar os riscos, e nos mostra um grande conflito interno por conta de pensamentos diferentes”, observa.

“Eles vão mostrar um realismo maior e heróis mais sombrios para expandir e agradar seu seu público”, é o que diz Luan Souza da Silva, 19, estudante de Tecnologia da Informação (TI), que também é de Araraquara, e é fã das produções de super-heróis.

Para ele, o futuro de filmes do gênero é buscar produzir histórias mais próximas da nossa realidade Cita como exemplo seu filme favorito, o longa recém lançado “Logan”, o último filme do ator Hugh Jackman no papel do personagem Wolverine. “A interação entre os personagens e a maneira que eles se desenvolvem ao longo do filme pode-se comparar a nossa realidade, como por exemplo a relação entre o Wolverine e a X-23, além de algumas cenas de violência que retratam o nosso mundo atual”, finaliza Souza.

Publicada em 28/03/2017 às 21h16.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/