Notícias

Docente e pesquisador da Uniara participa do Fórum Alternativo Mundial da Água

Publicado em: 10/04/2018

O pesquisador do Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural – NUPEDOR e professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente – PPG-DTMA da Universidade de Araraquara – Uniara, Osvaldo Aly Junior, participou do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA 2018, realizado entre os dias 17 e 23 de março, em Brasília.

Ele conta que, no evento, foram montadas diversas mesas de discussão que trataram dos diferentes aspectos do tema da relação sociedade-água, com três delas organizadas pelo NUPEDOR, sendo duas em parceria com o Observatório do Futuro da Água do Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas do Instituto de Geociências da USP.

A primeira mesa teve como tema “Águas subterrâneas e seu papel no nexo segurança hídrica e alimentar em um contexto de mudanças climáticas globais (Por que não cuidamos de 97% da água doce líquida do planeta?)”. Essa mesa chamou a atenção para a importância da água subterrânea em nível mundial e, no caso brasileiro, para algumas localidades onde ela tem um uso em larga escala e bastante amplo que, inclusive é o caso da bacia hidrográfica na qual a cidade de Araraquara está inserida”, destaca.

A segunda mesa, de acordo com Aly Junior, também foi relacionada às águas subterrâneas, “e trabalhou com um assunto que estava em forte evidência antes do Fórum, e que ficou mais acentuado quando se teve conhecimento de um projeto que propõe a criação de um mercado privado de águas no Brasil”. “Houve uma caracterização geral da questão dos aquíferos no Brasil, mostrando como a questão ‘água’ é considerada na Constituição Federal. Lá, ela é um bem público de uso comum. Foi dado destaque ao projeto de lei do senador Tasso Jereissati, que cria o mercado privado de águas que vai se organizar em torno de outorgas, concedidas às bacias hidrográficas”, detalha o professor.

O rio São Francisco foi o tema da terceira mesa. “Foi uma parceria do NUPEDOR com o Movimento Atingidos por Barragem e com a Associação Brasileira de Reforma Agrária, com apoio das pastorais sociais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB. O intuito foi avaliar a questão dos conflitos que ocorrem em relação às águas desse rio. O São Francisco tem diferentes tipos de uso que, muitas vezes, entram em conflito entre si – hidrelétricas, transposição, irrigação, desmatamento, abastecimento urbano etc. Isso tudo o coloca no cenário nacional das disputas em torno das águas”, explica Aly Junior.

A intenção, segundo ele, foi trazer diferentes setores da sociedade “que se dizem impactados por essa questão, e também o Comitê de Bacias, e a Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, pelo trabalho que tem feito em termos de melhoria da qualidade, e de projetos que envolvem a comunidade, no sentido de fazer uma restauração e recuperação da qualidade ambiental desse rio”. “Tivemos diferentes abordagens que mostravam os problemas da população, e também como parcerias da UFMG com a população e também com o Comitê de Bacia têm dado resultados”, resume.

“Para nós, que trabalhamos no PPG-DTMA, o tema ‘água’ é central, pois ela é essencial no funcionamento da economia e na manutenção das funções do meio ambiente, e tem uma relação vital do ponto de vista dos direitos de existência, tanto de humanos quanto da natureza. Assim, a participação no Fórum Alternativo Mundial da Água foi muito interessante para mostrar a transversalidade do tema”, finaliza o professor.

Detalhes sobre o FAMA estão disponíveis no site http://fama2018.org. Informações sobre o NUPEDOR e sobre o PPG-DTMA da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

 

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /