Notícias

Ex-aluno de Biologia e do mestrado em DTMA da Uniara é aprovado em doutorado da UFRJ

Publicado em: 20/03/2017

No dia 9 de março, o ex-aluno do curso de Biologia e do mestrado em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiental - DTMA da Universidade de Araraquara – Uniara, Diego Ferreira Gomes, foi aprovado no doutorado da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Seu trabalho, no entanto, será realizado em Porto Velho, em Rondônia, onde irá residir durante todo o período de estudo.

“Meu projeto de pesquisa de doutorado, orientado pelos professores Olaf Malm e Wanderley Rodrigues Bastos, abordará o impacto ambiental na Amazônia relacionado à contaminação por mercúrio oriundo do garimpo. Para isso, utilizaremos testes ecotoxicológicos com diferentes organismos que vivem na região amazônica”, conta Gomes.

Ele detalha que irá utilizar quatro diferentes organismos-testes – uma Macrófita (tipo de planta aquática), um Cladocero (microcrustáceo), Oligochaetos (anelídeo) e um peixe - e expô-los a diferentes concentrações de mercúrio associado ao selênio, que inibe sua toxicidade. “A partir disso, queremos verificar a quais concentrações o mercúrio está matando, e a quais o selênio inibe essa mortalidade. Por exemplo, a macrófita que irei utilizar, ao entrar em contato com mercúrio, vai morrer? Vai ter uma redução na taxa reprodutiva? Vai parar de crescer? Por meio das respostas, será possível inferir se houve impacto no meio ambiente pelo grande histórico de poluição ocorrido nos últimos séculos pelo mercúrio”, explica.

O ex-estudante da Uniara já trabalhou na Amazônia, em sua graduação, com educação ambiental, orientado pelos professores Maria Betanea Platzer e Diógenes Valdanha Neto. Já no mestrado, sob orientação de Guilherme Rossi Gorni, lidou com bioindicadores de qualidade ambiental, no caso, uma macrofauna aquática. “Na pós-graduação, pesquisei a determinação de mercúrio em peixes e jacarés, já que os moradores daquela região se alimentam desses peixes, que poderiam estar contaminados com altos índices do metal”, esclarece.

Agora programando-se para o doutorado, Gomes menciona que a previsão de sua mudança para Porto Velho é no dia 25 de abril. “Até lá, ficarei na Universidade Federal de São Carlos - UFSCar fazendo treinamento com a professora Odete Rocha, uma referência em ecotoxicologia aquática. Posteriormente, irei ao Rio de Janeiro esporadicamente para fazer as disciplinas necessárias, mas residirei em Porto Velho”, diz.

A coordenadora do curso de Biologia, Teresa Kazuko Muraoka, comenta que Gomes é um dos alunos mais determinados que já conheceu. “Começamos a conversar antes mesmo do início das aulas da graduação. Depois, ele sempre participou das Feiras dos Cursos – FEC e de diversas atividades, curriculares ou extracurriculares. Agora, com o doutorado, terá um futuro brilhante, tenho certeza”, finaliza.

Informações sobre o curso de Biologia e sobre o mestrado em DTMA da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /