/cursos/presencial/graduacao/engenharia-de-computacao/ /cursos/presencial/graduacao/engenharia-de-computacao/ 346 52 Engenharia de Computação Graduação

Formação: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Período: Noturno

Duração: 5 anos

Vagas: 80

Engenharia de Computação

O Curso

O curso de Engenharia de Computação tem a duração de cinco anos. São oferecidas 80 vagas no período noturno. O curso conta com uma carga horária total superior a 4.000 horas, incluindo disciplinas, trabalho de conclusão de curso, estágio supervisionado e atividades complementares.

O curso está solidamente estruturado em disciplinas básicas, tecnológicas, complementares e humanísticas, e exige do aluno a elaboração de um trabalho de conclusão de curso e a realização de estágio em alguma organização privada ou pública. As disciplinas são oferecidas, em sua maioria, em caráter anual, restando algumas que são oferecidas em caráter semestral.

O dinamismo do ramo da Computação se caracteriza pela constante sucessão de tecnologias, que tanto se atualizam ou evoluem como são substituídas. A preparação de um profissional capaz de atingir o sucesso em um ambiente tão desafiador deve ser abordada como parte de um processo de formação completo em que, a par dos conhecimentos básicos adquiridos, ocorra o desenvolvimento da capacidade de aprender a aprender e a de reconhecer a necessidade de um esforço direcionado ao autodesenvolvimento como um quesito essencial para o sucesso profissional.

Características como um apurado senso crítico e criatividade na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, são objetivos na formação do egresso. Além disso, o profissional formado deve ser incitado a desenvolver habilidades de iniciativa empreendedora, ter disposição para o auto-aprendizado e educação continuada, apresentar boa comunicação oral e escrita, dominar a leitura, interpretação e expressão por meios textuais e gráficos, possuir uma visão crítica de ordens de grandeza e domínio das técnicas necessárias inerentes à profissão, além da capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares e de identificar, modelar e resolver problemas de grande complexidade.

O Engenheiro de Computação deve ser plenamente capacitado a ser e se conhecer como um agente transformador, provocador de mudanças através da adição de novas tecnologias, propondo novas iniciativas e atividades e objetivando sempre um aumento na qualidade das condições de vida e de trabalho para todos os que dependem do seu critério, caráter e desempenho profissional.

Depoimentos de ex-alunos

Josiane Gonçalves

Marco Antônio Ingrundi Ferrari

Venilton Falvo Júnior

Mercado de Trabalho

O computador toma proporções cada vez menores e passa a existir onde antes não era possível: celulares, televisores, painéis de automóveis, equipamentos de GPS, controladores lógico-programáveis, dentre outros. O Engenheiro de Computação é o profissional mais capacitado para este mercado: o da Computação Embarcada, pois sua formação compreende desde dispositivos embarcados até supercomputadores interconectados pela Internet e separados por grandes distâncias. São estudados desde aspectos de hardware, passando por sistemas operacionais e aplicativos mais avançados.

Isso permite ao Engenheiro de Computação ter um acesso facilitado às oportunidades de trabalho em geral na área de Computação e Informática, desde o desenvolvimento de sistemas de informações empresariais até criação de dispositivos de hardware que envolvam automação industrial ou computação móvel. Todo esse conhecimento é amparado por uma forte formação da Engenharia que suporta o aprendizado do curso. Dessa forma, o Engenheiro de Computação pode desempenhar funções em áreas distintas da sua área de formação inicial, tanto como colaborador de entidades privadas e governamentais, quanto como empreendedor e administrador de seu próprio negócio.

Matriz Curricular

1ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 860
Complementos da Matemática 80
Introdução à Física 80
Física Experimental I 40
Eletrônica Digital 80
Laboratório de Eletrônica Digital 40
Algoritmos e Programação de Computadores 200
Comunicação e Expressão Aplicada 40
Ética e Legislação Profissional 40
Matemática Discreta 80
Introdução à Química 40
Química Tecnológica Geral 40
Expressão Gráfica 100
2ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 900
Cálculo Diferencial e Integral I 160
Arquitetura e Org. Básica de Computadores 240
Física Geral 80
Física Experimental II 60
Introdução a Programação Orientada a Objetos 80
Gestão Ambiental 40
Álgebra Linear e Geometria Analítica 80
Estruturas de Dados 80
Mecânica Geral 80
3ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 880
Cálculo Diferencial e Integral II 80
Fundamento de Bancos de Dados 80
Cálculo Numérico 80
Eletromagnetismo 80
Estruturas de Dados Avançadas 80
Circuitos Elétricos I 80
Princípios de Análise de Sistemas 120
Introdução à Programação Orientada a Objetos 80
Paradigmas de Programação 120
4ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 800
Sistemas Operacionais 80
Resistência dos Materiais 80
Eletrônica I 80
Tec. e Comunicação de Dados 80
Redes de Computadores 80
Engenharia de Software 80
Disp. Lógicos Reconfiguráveis 40
Microcontroladores 80
Sistemas de Controle 80
Aplicações de Padrões de Projetos 40
Lógica Matemática e Computacional 40
Introd. Teoria dos Grafos e Compiladores 40
5ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 1212
Gestão Ambiental 40
Periféricos e Interfaces 40
Administração e Economia 40
Sist. Distrib. e Progr. Concorrente 80
Inteligência Artificial 80
Gerenciamento de Projetos e Sistemas 40
Processamento Gráfico e de Imagens 80
Tópicos em Engenharia de Computação 80
Projeto de Bancos de Dados 80
Robótica e Automação Industrial 80
Sistemas de Tempo Real 80
Metodologia Científica e Tecnológica 40
LIBRAS (Optativa) 44
Trabalho de Concl. de Curso 72
Estágio Supervisionado 216
Atividades Complementares 120

 

Corpo docente

Coordenação

Rodrigo Daniel Malara é graduado em Engenharia de Computação (1999) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, é mestre em Processamento Paralelo e Computação de Alto Desempenho (2005) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2004.
http://lattes.cnpq.br/0671841336253997

Docentes

Anderson Duarte Betiol possui graduação em Engenharia Elétrica (1998) pela Universidade de São Paulo - USP e mestrado em Engenharia Elétrica (2002) pela mesma Instituição. Ministra aulas no ensino superior desde 2001.
http://lattes.cnpq.br/8461809763131715

André Vicente Ricco Lucato possui graduação em Engenharia Mecânica (1982) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Ministra aulas no ensino superior desde 2012.
http://lattes.cnpq.br/4690225432571224

Cristiano Minotti possui graduação em Engenharia Elétrica - Ênfase em Informática Industrial (2002) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, mestre em Sistemas Dinâmicos (2008) pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2007.
http://lattes.cnpq.br/4021444168634362

Danilo Carlos Rosseto Minhoni possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP e mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo. Ministra aulas no ensino superior desde 2006.
http://lattes.cnpq.br/6407405073591522

Eliane Zerbetto Traldi possui graduação em Matemática (1996) pela Universidade de São Paulo - USP, mestrado em Matemática (1999) pela Universidade de São Paulo, mestrado em Matemática (2006) pela Georgia Institute of Technology, doutorado em Biologia Computacional e Biofísica Molecular (2011) pela Rutgers, The State University of New Jersey, e pós-doutorado (2014) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2014.
http://lattes.cnpq.br/0808743714198369

Fabiana Florian possui graduação em Ciências Econômicas (2000) pelo Centro Universitário de Araraquara - Uniara, é mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (2005) pela mesma Instituição e doutora em Ciência dos Alimentos e Nutricionais (2014) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Ministra aulas no ensino superior desde 2006.
http://lattes.cnpq.br/7128829324567785

Fábio Ferraz Júnior possui graduação em Engenharia Mecânica (1999) pela Universidade de São Paulo - USP, mestrado (2002) e doutorado (2007) em Engenharia Mecânica (Automação de Processos de Fabricação) pela mesma Instituição. Ministra aulas no ensino superior desde 2005.
http://lattes.cnpq.br/5316954799417804

Gabriel Vendramini possui graduação em Engenharia Elétrica (2010) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp, mestrado em Biotecnologia (2014) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar em conjunto com a Embrapa Instrumentação. Ministra aulas no ensino superior desde 2015.
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4421228P8

Iride Maria Valdemarin Tognolli possui licenciatura plena (1983), bacharelado (1984) e mestrado (1990) em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Ministra aulas no ensino superior desde 1989.
http://lattes.cnpq.br/3477308362216459

João Henrique Gião Borges possui bacharelado em Química (1989) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, licenciatura em Computação (2012) pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais - CEUCLAR. É mestre em Química (1992) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar e doutor em Química Orgânica (1998) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2000.
http://lattes.cnpq.br/8099242351174829

José Luis Garcia Hermosilla possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo - USP, mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutorado em Engenharia Mecânica pela USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2009.
http://lattes.cnpq.br/6515815793300720

Marcelo Luiz Tita possui graduação em Química (2001) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. É mestre em Química (2011) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Ministra aulas no ensino superior desde 2014.
http://lattes.cnpq.br/4471520818380368

Marco Roberto Guerreiro possui licenciatura e bacharelado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Tem mestrado e doutorado em Química pela mesma Instituição. Ministra aulas no ensino superior desde 2001.
http://lattes.cnpq.br/3733859102831249

Maria Bernadete da Silva Malara possui graduação em Matemática (1974) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP e em Pedagogia (1979) pela Faculdade de Educação São Luis. É especialista em Álgebra Linear e Programação Linear (1976) pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá, mestre em Ciências da Computação e Matemática Computacional (1994) pelo Instituto de Ciências Matemáticas de São Carlos da Universidade de São Paulo - USP e doutora (2008) em Educação Matemática pela UNESP. Ministra aulas no ensino superior desde 1991.
http://lattes.cnpq.br/1928357849675000

Renata Mirella Farina possui graduação em em Administração de Empresas (1991) pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP, e em Análises de Sistemas (2002) pela mesma Instituição. Também é graduada em Estudos Sociais (1993) pela Faculdade de Educação São Luis e em Licenciatura em Geografia (1995) pela mesma Instituição. É mestre em Engenharia de Produção (2008) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2011.
http://lattes.cnpq.br/2839375294680374

Renê de Souza Pinto possui graduação em Engenharia de Computação (2009) pela Universidade de São Paulo - USP. Mestre em Ciências de Computação e Matemática Computacional (2012) pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo - ICMC/USP. É doutorando em Ciências da Computação e Matemática Computacional também no ICMC/USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2012.
http://lattes.cnpq.br/2358841106279116

Ricardo Bortolotti Azolini possui graduação em Geografia (2000) pelo Centro Universitário de Araraquara - Uniara. É especialista em Gestão de Recursos Humanos (2005) pelo Centro Universitário de Araraquara - Uniara e também é especialista em Ecologia e Monitoramento da Vida Silvestre (2013) pela mesma Instituição.
http://lattes.cnpq.br/6122464255418349

Roberson Saraiva Polli é graduado em Física Médica (2006) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP. Mestre em Neurociências (2010) pela Univesidade Federal de São Paulo - UNIFESP, em cooperação com o Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo - IFSC - USP. É doutorando em Física Aplicada também pelo IFSC. Ministra aulas no ensino superior desde 2015.
http://lattes.cnpq.br/6933632737044678

Sabrina Piva Calixto Monteiro é responsável pelas disciplinas Cálculo Diferencial e Integral I e Probabilidade e Estatística. Possui licenciatura em Ciências Exatas pela Universidade de São Paulo - USP (2003), especialização em Psicopedagogia Institucional (2011) pela Faculdade São Luís e mestrado em Bioengenharia (2007) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2012.
http://lattes.cnpq.br/5053372458477800

Saulo Sávio Leite Santos possui graduação em Computação Científica pela Universidade de Taubaté - UNITAU, e mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São Carlos UFSCar. Ministra aulas no ensino superior desde 1996.
http://lattes.cnpq.br/5515028710903642

Soraya Elaine Marques Gouveia Saia possui graduação em Física (1992) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, mestrado em Física (1995) pela University of Liverpool - Inglaterra. É doutora em Ciências (2006) pela Universidade de São Paulo - USP, com doutorado-sanduíche na França IRD - Institute de Recherche pour le Developpement - Bondy/Paris. Ministra aulas no ensino superior desde 2007.
http://lattes.cnpq.br/6673437780404643

Thiago Balan Moretti é graduado em Ciências Exatas com habilitação em Física (2010) pela Universidade de São Paulo - USP e possui formação técnica em Mecatrônica pela escola SENAI de São Carlos (2007). É mestre em Ciências e Engenharia de Materiais (2014) pela Escola de Engenharia da Universidade de São Carlos - USP.
http://lattes.cnpq.br/7181742093075956

Thiago Henrique Martinelli possui graduação em Engenharia Aeronáutica (2006) pela Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo - USP. Mestrado profissionalizante em Engenharia Aeronáutica (2007) pelo Programa de Especialização em Engenharia (PEE) no Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA e mestrado em Ciências da Computação (2013) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2012.
http://lattes.cnpq.br/0058012431496564

Vanessa Gertrudes Rabatini possui graduação em Pedagogia (2007) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP e mestrado em Educação Escolar (2010) pela mesma Instituição. Ministra aulas no ensino superior desde 2010.
http://lattes.cnpq.br/2016096405291162

Vinicius Luiz Caires possui graduação em Processamento de Dados (2006) pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo - FATEC e MBA em Gerenciamento de Projetos (2008) pelo Centro Universitário de Araraquara - Uniara. Ministra aulas no ensino superior desde 2012.
http://lattes.cnpq.br/4459230431451960

Vestibular

INICIAR INSCRIÇÃO NO VESTIBULAR

Data da Prova 

29/03/2017 (das 19 às 21 horas)

Prazo de Inscrição

Na Uniara: de 23/03/2017 até 27/03/2017 (22:00 h)
Na Internet: de 23/03/2017 até 27/03/2017 (23:59 h)

Taxa de inscrição

Gratuita

SAIBA MAIS SOBRE O VESTIBULAR

Aguarde mais informações.

Contato

Telefone

Ligação gratuita: 0800 55 65 88
Horários: 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado das 8h às 12h.

Endereço

Universidade de Araraquara – Uniara
Rua Carlos Gomes, 1338 – Centro – Araraquara/SP.
Horários: 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado das 8h às 12h.

Dúvidas

Deixe sua mensagem abaixo:


Utilizamos o RECAPTCHA como medida de segurança no envio de mensagens através do nosso site. Caso você tenha dúvidas sobre a utilização desse sistema, clique aqui e saiba mais sobre o RECAPTCHA.

Atividades Complementares

Todo aluno matriculado no curso de Engenharia de Computação da Uniara deve realizar atividades extracurriculares durante os 5 anos de curso para completar a carga horária da graduação, conforme Resolução 12/03 do CONSEPE. Elas são chamadas Atividades Complementares. A lista de atividades válidas e a carga horária máxima de cada uma delas constam na tabela abaixo. O aluno deve comprovar 252 horas para o curso diurno e 120 horas para o curso noturno.

Acesse a tabela de atividades complementares clicando aqui

A comprovação deve ser feita através da cópia de comprovantes, declarações ou certificados destas atividades. De posse desses certificados, o aluno deve se dirigir à secretaria e fazer o requerimento de Aprovação de Atividades Complementares. Recomendamos que isso seja feito apenas no final do curso, preferencialmente no mês de novembro.

Os certificados serão verificados pela coordenação, que irá solicitar a inclusão das horas no sistema acadêmico e o arquivamento dos certificados junto com o prontuário do aluno.

Concluintes

Este espaço contém informações importantes para você, que já é nosso aluno no curso de Engenharia de Computação.

Você que irá concluir seu curso superior este ano precisa solicitar junto à Instituição seus documentos de conclusão de curso. Isto é feito através de requerimentos que deverão ser protocolados na Central de Atendimento. À medida que os documentos requeridos ficarem prontos, os alunos podem retirá-los, lembrando que alguns demoram mais que os outros. São documentos que você irá utilizar para comprovação de aluno graduado:

  • Colação de Grau simples ou solene: você que irá participar da cerimônia com a beca precisa solicitar e formalizar o pedido através de colação de grau solene; caso não vá participar da cerimônia solene, precisará solicitar o pedido de colação de grau simples.
    Precisará, ainda, solicitar a certidão de conclusão para comprovar a sua efetivação. Lembramos que você pode solicitar a certidão de conclusão de curso, somente, ou a certidão de conclusão/grau. Esta segunda traz a informação da data em que você colou grau. O documento só ficará pronto no dia da colação ou alguns dias após, conforme disponibilidade da expedição de documentos.
  • A certidão de conclusão: pode ser utilizada para comprovar conclusão de curso enquanto seu diploma não fica pronto. Será expedida após a colação de grau solene e o aluno poderá retirar esse documento na Central de Atendimento.
  • O Histórico escolar: também é necessário solicitar e é um documento necessário para comprovar a diplomação.

Para sua comodidade, solicitamos que você, aluno, solicite este documentos através da Uniara Virtual o quanto antes para que a secretaria possa preparar a sua documentação, conforme citado acima.

O Registro do Diploma também deve ser solicitado e o prazo para ficar pronto varia entre 03 e 06 meses. Temos o diploma confeccionado de forma simples ou em papel vegetal. Lembramos que o único documento que não dá para solicitar on-line é o diploma em papel vegetal; neste caso, será necessário vir pessoalmente até a Central de Atendimento e protocolar o requerimento na tesouraria. Se for solicitando em papel simples, poderá normalmente ser solicitado via web. O prazo para confecção do diploma é o mesmo, tanto em papel sulfite quanto em papel vegetal. Caso o aluno tenha a intenção de se filiar ao sistema CONFEA/CREA para obtenção da carteira profissional de Engenheiro, ele deverá mencionar isso no momento em que estiver realizando o requerimento.

Reforçamos que, tendo escolhido um dos diplomas, não poderá ser solicitado o outro, pois ele é único.

Faça sua solicitação o quanto antes; não deixe para os últimos dias, principalmente se for através da Uniara Virtual, pois seu código de acesso expira e será necessário se cadastrar como aluno egresso para voltar a ter acesso, o que tem um prazo de até três dias para a confirmação do cadastro.

Se for solicitar pessoalmente, lembre-se de que, dependendo da época de solicitação, podemos estar em período de receber matrículas de calouros, quando nosso movimento aumenta substancialmente. E para que se sinta à vontade, oferecemos a solicitação on-line, seguindo os procedimentos acima.

Quem precisar do CREA deverá fazer ao menos os seguintes requerimentos acima mencionados:

  • Colação de Grau (simples ou solene, conforme o caso);
  • Certidão de Conclusão;
  • Histórico Escolar;
  • Registro de Diploma (não esquecer de avisar a atendente que é para o CREA).

Para esclarecer dúvidas, os telefones são: (16) 3301-7216, 3301-7214 e 3301-7115.

Congresso de Computação Aplicada

Estágio

São atividades que incentivamos nossos alunos a fazerem, pois tem sido um diferencial que proporciona ao aluno ter experiência profissional antes mesmo de finalizar o curso. Vale destacar que o aluno só pode realizar estágio em área correlacionada ao curso.

Existe uma documentação que precisa ser elaborada para formalizar e legalizar o vínculo entre estagiário, empresa e Uniara, caso o aluno não seja um funcionário efetivo da empresa onde estiver realizando o estágio.

Assim que isto estiver pronto, o aluno deve protocolar esses documentos (3 vias de cada um deles) na secretaria ou na Central de Atendimento da Uniara.

Essa documentação passa pelo Departamento de Estágios, Coordenação de Cursos e finalmente pela Reitoria, portanto é normal demorar até 1 semana para obter todas as aprovações. A maioria das empresas que recebem nossos estagiários já sabem sobre isso.

Essa documentação será avaliada caso não haja nenhuma inconformidade, uma via de cada documento abaixo será retida e armazenada no prontuário do aluno para fins de arquivamento.

Seguem informações mais detalhadas sobre cada documento que deve fazer parte da formalização do estágio abordada acima:

  1. Convênio entre empresa e Uniara. Esse documento deve ser preenchido assinado e protocolado junto com o contrato de estágio do primeiro estagiário contratado por essa empresa, não sendo necessário para os demais. Consulte a empresa que o contratou para saber se já houve algum estagiário da Uniara lá. Se houve, esse documento é dispensável. Para fazer o download clique aqui;
  2. Contrato de estágio entre empresa e o aluno. É um documento indispensável. Faça o download clicando aqui;
  3. Seguro de vida contra acidentes pessoais para o aluno;
  4. Plano de Atividades. Ao iniciar as atividades de estágio na empresa. Faça o download do modelo clicando aqui;
  5. O aluno que estiver matriculado na disciplina 'Estágio Supervisionado' do último ano de curso deverá entregar também o 'Relatório Final de Estágio' para o coordenador de estágios ao concluir o Estágio Supervisionado (clique aqui para baixar o modelo).

Caso o aluno estiver cursando o estágio curricular e já ocupe um cargo em áreas afins com o curso de Graduação, ele não precisará protocolar os documentos na secretaria.

Nesse caso, ele precisará preparar os itens 4 e 5, que serão entregues ao coordenador de estágios, o primeiro no início do estágio e o último após finalizar a carga horária mínima de estágio. Além disso, o aluno também deverá apresentar os seguintes documentos comprobatórios da sua condição ao coordenador de estágios:

  • Primeira página da carteira de trabalho (a que tem a sua foto);
  • Segunda página, onde constam seus dados pessoais;
  • Seção da carteira de trabalho chamada Contrato de Trabalho. Deve-se xerocar as páginas suficientes para demonstrar que você ocupa um cargo na área de informática no seu atual emprego.

O atual Coordenador de Estágios é o Prof. Me. Rodrigo Daniel Malara.

Iniciação Científica

A Uniara oferece aos seus alunos um Departamento de Iniciação Científica cujas atividades são de natureza extracurricular e devem contribuir para o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo, da ciência e da tecnologia, para a criação e difusão da cultura e, portanto, para o entendimento do homem e do meio em que vive.

Saiba mais sobre Iniciação Científica

Projetos

"Uma Metodologia para o desenvolvimento de projetos mecatrônicos"

Orientador(es)
Prof. Ms. Álvaro Messias Bigonha Tibiriçá

Aluno(s)
Rogério Santos de Sá


"Simulador de Vôo Dinâmico para a Pilotagem de Aeronaves"

Orientador(es)
Prof. Dr. Edilson Reis Rodrigues Kato
Prof. Dr. Celso Aparecido de França

Aluno(s)
Fernando Oliveira
Elias Meszengisser
Fernanda Rigolin
Jefferson Lima


"Magazine Automático Aplicado a Sistemas de Manufatura Automáticos"

Orientador(es)
Prof. Dr. Edilson Reis Rodrigues Kato
Prof. Dr. Celso Aparecido de França

Aluno(s)
Fernando Compri de Oliveira e alunos da Engenharia Elétrica

Laboratórios

O curso de Engenharia de Computação disponibiliza aos seus alunos toda a infraestrutura necessária para a realização das atividades práticas.

Contamos com oito laboratórios de Informática que possuem diversos microcomputadores de última geração, utilizados pelas disciplinas de Programação, Desenvolvimento de Software, Sistemas Operacionais, Bancos de Dados e Processamento de Imagens, entre outras.

O laboratório de Hardware ocupa um espaço especial na Uniara, com todo o aparato necessário para abrigar os projetos das disciplinas da área de computação, como Arquiteturas e Organização Básica de Computadores e Redes de Computadores.

O laboratório de Física é bem estruturado e possui os equipamentos necessários para atender às aulas práticas, como paquímetros, micrômetros, balanças, trenas, trilho de ar e disparador de projéteis, entre outros.

As aulas de Química Experimental são interessantes devido ao seu caráter altamente prático e ao ótimo preparo dos laboratórios de Química, que contam com todo o instrumental e estrutura necessários para o pleno desenvolvimento das atividades.

Disciplinas como Lógica Digital e Eletrônica comportam aulas práticas ministradas no laboratório de Eletrônica, que conta com fontes, multímetros, geradores de função, osciloscópios e todo material de consumo necessário para o bom andamento dos experimentos.

Programas Acadêmicos

A Uniara estabeleceu parcerias com as maiores empresas de Tecnologia de Informação e Engenharia do mundo visando a proporcionar uma experiência de aprendizado diferenciada aos nossos alunos. Algumas parcerias são:

IBM Academic Initiative

O IBM Academic Initiative é um programa acadêmico criado pela IBM, direcionada a instituições de ensino superior e cursos técnicos. Após passar pelo processo de filiação, as IES contam com:

  • Acesso a licenças de softwares IBM para uso acadêmico em versão completa que nunca expiram;
  • Acesso ao material didático oficial;
  • Desconto em certificações IBM;
  • Cadastro de currículo profissional para acesso da IBM e empresas do mercado;
  • Acesso a um mainframe para seus cursos e pesquisas.

A Uniara é filiada desde 2008 e, desde então, disponibiliza estes benefícios aos seus alunos. Para informações adicionais sobre o IBM Academic Initiative acesse www.ibm.com/br/university/.

Centro de Certificação ISTQB

O International Software Testing Qualification Board (ISTQB) é uma organização sem fins lucrativos estabelecida na Bélgica. Seu site na internet é o www.istqb.org e, de acordo com as informações lá disponibilizadas, a missão desta organização é:

  • Promover uma linguagem comum para testadores de software globalmente;
  • Estabelecer conteúdos fortes, de qualidade e focados, garantindo seu alinhamento com a área de testes de software;
  • Estabelecer questões de exame e exames desafiadores;
  • Garantir que todos os provedores de treinamento credenciados cumpram critérios rigorosos;
  • Assegurar a adoção de processos comuns dentro ISTQB ® e dos seus membros ao redor do mundo;
  • Operar dentro de um código de ética e um código de conduta.

O ISTQB já certificou mais de 150.000 testadores de software no mundo todo. As certificações não expiram e possuem validade e são reconhecidas internacionalmente. Os programas de certificação estão organizados da seguinte forma:

  1. Certified Tester Foundational Level - Trata-se da certificação de nível fundamental destinada a qualquer pessoa envolvida em testes de software. Isto inclui as pessoas em papéis como Testadores, Analistas de Testes, Engenheiros de Testes, Consultores de Teste, Gerentes de Teste, Aceitação e Desenvolvedores de Software;
  2. Certificação de nível avançado do ISTQB - destinada a pessoas que possuam experiência em suas carreiras de teste de software. Isto inclui pessoas em papeis como: Testadores, Analistas de Testes, Engenheiros de Testes, Consultores de Teste, Gerentes de Teste, Aceitação do Usuário e Desenvolvedores de Software.

O ISTQB possui 47 membros mundialmente. Dentre eles, figura o Brazilian Software Testing Qualification Board (BSTQB), representado pela Associação Brasileira de Melhoria de TI.

A Uniara é um parceiro educacional certificado pela ABRAMTI (www.abramti.org.br/parceiros-academicos/).

Os objetivos da Uniara nesta parceria são:

  1. Difundir os princípios e valores do ISTQB e incentivar a capacitação e certificação de profissionais que atuam na carreira de testes e qualidade de software;
  2. Disponibilizar infraestrutura necessária para realização de treinamentos preparatórios para os programas de certificação;
  3. Disponibilizar docentes capacitados e atuantes na área de Engenharia de Software para atuarem como instrutores e examinadores quando ocorrem os exames de certificação do ISTQB/BSTQB.

Xilinx University Program (XUP)

O Xilinx University Program (XUP) é um programa acadêmico no qual Instituições de Ensino Superior (IES) se aplicam e passam por um processo de seleção e filiação que envolve a submissão de documentos e a aquisição de kits didáticos. Em contra partida, a empresa Xilinx disponibiliza materiais didáticos e kits a preços mais baixos, além de palestras e workshops de capacitação para docentes e alunos.

A Uniara é filiada ao XUP desde 2007, quando foram adquiridos os primeiros kits didáticos para o desenvolvimento de projetos utilizando as tecnologias conhecidas como FPGAs (Field Programmable Gate Arrays) e CPLDs (Complex Programmable Logic Device) para disciplinas profissionalizantes do curso. Para mais informações acesse www.xilinx.com/university/.

Apple iOS Developer University Program

O Apple iOS Developer University Program é um programa acadêmico criado pela Apple, direcionada a Instituições de Ensino Superior que ofereçam cursos de graduação. Após passar pelo processo de filiação, as IES contam com materiais didáticos e ferramentas de desenvolvimento para a criação de softwares e jogos para as plataformas Apple, como iMac, iPhone, iPad e iPod.

A Uniara se filiou ao programa em 2009 e desde então disponibiliza estes benefícios aos seus alunos. Para mais informações acesse developer.apple.com/programs/ios/university/.

Regulamento para o TCC

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N