/cursos/presencial/graduacao/engenharia-agronomica/ /cursos/presencial/graduacao/engenharia-agronomica/ 343 111 Engenharia Agronômica Graduação

Formação: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Período: Diurno ou Noturno

Duração: 5 anos

Vagas: 200

Engenharia Agronômica

O Curso

A Uniara oferece a Araraquara e toda região uma ótima oportunidade aos que desejam se profissionalizar e atuar na área de agricultura. O curso de Engenharia Agronômica está estruturado para transmitir os mais atuais conceitos tecnológicos, preparando o aluno para vencer os desafios da profissão. Nosso objetivo é formar um Agrônomo capaz de promover, orientar e administrar a utilização dos fatores relacionados à produção agrícola, buscando racionalizar a produção vegetal e animal. O planejamento, a pesquisa e a aplicação de técnicas, métodos e processos para a solução dos problemas ligados à agricultura compõem a atuação do profissional de Agronomia.

A tendência do mercado de trabalho para o engenheiro agrônomo é muito favorável e de ótima perspectiva no Brasil. Atualmente, é uma profissão que merece destaque devido à grande projeção que o Brasil vem alcançando na produção de energia obtida a partir de fontes renováveis (álcool e biodiesel), os chamados biocombustíveis. A “agroenergia” e a produção intensiva de alimentos são os principais responsáveis pelo crescimento do setor.

Mercado de Trabalho

O Agronegócio movimenta bilhões de dólares em nossa região e gera grandes oportunidades de emprego para o engenheiro agrônomo. É evidente a expansão no mercado de trabalho do agrônomo. Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirmam que o agronegócio brasileiro tem grande potencial de crescimento. O mercado interno é expressivo para diversos produtos aqui cultivados e o mercado internacional tem apresentado acentuado aumento no consumo.

Nossa região tem excelente potencial de crescimento por diversos fatores, principalmente porque tem vasta extensão de terra fértil e está geograficamente bem posicionada, o que facilita e barateia os custos de produção, distribuição e logística do agronegócio. As culturas de cana-de-açúcar e laranja já movimentam bilhões em negócios. Além disso, a região tem todas as condições favoráveis para produzir diversas culturas e criar ainda mais oportunidades para o profissional da agronomia. A agroindústria é a principal âncora econômica da região de Araraquara, gerando empregos e impulsionando a economia. Há grandes produtores e exportadores de suco de laranja, usinas de açúcar e álcool, e vocação agrícola para soja, milho, amendoim, usina de biodiesel e produção de etanol - fonte de energia renovável e menos poluente que os derivados de petróleo.

Matriz Curricular

1ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 1000
Citologia e Morfologia Vegetal 120
Desenho Técnico 80
Introdução à Física 80
Informática 120
Introdução à Agronomia e ao Agronegócio (Semestral) 40
Complementos de Matemática 80
Sociologia Rural, Política e Desenvolvimento Agrário  120
Iniciação Científica e Metodologia de Pesquisa 80
Introdução à Química 80
Zoologia 80
Ética, Comunicação e Extensão Rural (Semestral) 40
Agrometeorologia 80
2ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 1160
Matemática 80
Economia e Administração do Agronegócio 80
Química 120
Física 80
Genética Geral 80
Geologia, Mineralogia e Solos 120
Botânica e Sistemática Vegetal 120
Microbiologia Agrícola 80
Energia e Eletrificação Rural 80
Bioquímica e Fisiologia Vegetal 200
Estatística e Análises Experimentais 120
3ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 1160
Hidráulica 80
Topografia 80
Biotecnologia Vegetal 80
Ecologia, Manejo e Gestão Ambiental 80
Manejo e Conservação do Solo 80
Máquinas e Mecanização Agrícola 240
Manejo de Bacias Hidrográficas 80
Construções Rurais 120
Gestão Empresarial e Marketing 80
Melhoramento Genético e Prop. Vegetal 120
Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas 120
4ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 1160
Produção e Tecnologia de Sementes 80
Cartografia e Geoprocessamento 80
Noções de Zootecnia 80
Fitossanidade 120
Sistemas Agroindustriais 80
Olericultura 80
Entomologia Agrícola 120
Fruticultura 120
Agricultura 240
Fertilizantes, Corretivos e Adubação 80
Defensivos Agrícolas 80
5ª Série
Disciplinas Carga Horária
Total da Série 720
Plantas Medicinais e Aromáticas 120
Avaliação e Divisão de Terras e Perícias Rurais 80
Forragicultura e Pastagem 80
Paisagismo, Floricultura, Parques e Jardins 120
Sistemas de Irrigação e Drenagem 120
Reflorestamento 80
Tecnologia Pós-Colheita e Controle de Produtos Agropecuários (Semestral) 60
Tecnologia do Açúcar e Álcool (Semestral) 60

 

Corpo docente

Coordenação

Celia Correia Malvas possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Mato Grosso dos Sul, mestrado e doutorado em Fitopatologia pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2010.
http://lattes.cnpq.br/2761281960503406

Docentes

Adilson José Rocha Mello possui graduação em Engenharia Agronômica (1987), mestrado em Agronomia - Ciências do Solo (2006) e doutorado em Agronomia - Ciências do Solo (2011) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP . Ministra aulas no ensino superior desde 2011.
http://lattes.cnpq.br/2737775471750976

Anaira Denise Caramelo possui graduação em Ciências Biológicas, com licenciatura e bacharelado em Meio Ambiente, e mestrado em Agronomia, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP. É presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Pirangi (COMDEMA). Ministra aulas no ensino superior desde 2010.
http://lattes.cnpq.br/9979007535527921

Humberto Vinicius Vescove possui graduação em Engenharia Agronômica, mestrado em Agronomia, na área de Ciências do Solo e doutorado em Agronomia, em Produção Vegetal, todos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP. Ministra aulas no ensino superior desde 2011.
http://lattes.cnpq.br/6094045968649091

João Henrique Gião Borges possui bacharelado em Química (1989) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, licenciatura em Computação (2012) pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais - CEUCLAR. É mestre em Química (1992) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar e doutor em Química Orgânica (1998) pela Universidade de São Paulo - USP. Ministra aulas no ensino superior desde 2000.
http://lattes.cnpq.br/8099242351174829

Sérgio Vinícius de Lima Grande ministra a disciplina de Introdução às Ciências Sociais. É graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista -Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1998). Possui mestrado (2001) e doutorado (2006) pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da mesma Instituição.
http://lattes.cnpq.br/7013163445767976

Stela Letícia Bisinotto possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU, especialização em Arquitetura de Interiores pelo Centro Universitário de Araraquara - Uniara, em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Faculdade de Engenharia Civil de Araraquara - FECA e mestrado (2012) em Construção Civil pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Ministra aulas no ensino superior desde 2010.
http://lattes.cnpq.br/6539271664132423

Vestibular

INICIAR INSCRIÇÃO NO VESTIBULAR

Data da Prova 

10/06/2017 (das 14h às 16h)

Prazo de Inscrição

Na Uniara: de 17/04/2017 até 05/06/2017 (22:00 h)
Na Internet: de 17/04/2017 até 05/06/2017 (23:59 h)

Taxa de inscrição

R$ 25.00

SAIBA MAIS SOBRE O VESTIBULAR

Aguarde mais informações.

Contato

Telefone

Ligação gratuita: 0800 55 65 88
Horários: 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado das 8h às 12h.

Endereço

Universidade de Araraquara – Uniara
Rua Carlos Gomes, 1338 – Centro – Araraquara/SP.
Horários: 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado das 8h às 12h.

Dúvidas

Deixe sua mensagem abaixo:


Utilizamos o RECAPTCHA como medida de segurança no envio de mensagens através do nosso site. Caso você tenha dúvidas sobre a utilização desse sistema, clique aqui e saiba mais sobre o RECAPTCHA.

Profissão e Mercado

O Agronegócio movimenta bilhões de dólares em nossa região e gera grandes oportunidades de emprego para o engenheiro agrônomo. É evidente a expansão no mercado de trabalho do agrônomo. Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirmam que o agronegócio brasileiro tem grande potencial de crescimento. O mercado interno é expressivo para diversos produtos aqui cultivados e o mercado internacional tem apresentado acentuado aumento no consumo.

Nossa região tem excelente potencial de crescimento por diversos fatores, principalmente porque tem vasta extensão de terra fértil e está geograficamente bem posicionada, o que facilita e barateia os custos de produção, distribuição e logística do agronegócio. As culturas de cana-de-açúcar e laranja já movimentam bilhões em negócios. Além disso, a região tem todas as condições favoráveis para produzir diversas culturas e criar ainda mais oportunidades para o profissional da agronomia.

A área de trabalho na região

A agroindústria é a principal âncora econômica da região de Araraquara, gerando empregos e impulsionando a economia. Há grandes produtores e exportadores de suco de laranja, usinas de açúcar e álcool, e vocação agrícola para soja, milho, amendoim, usina de biodiesel e produção de etanol - fonte de energia renovável e menos poluente que os derivados de petróleo.

Veja a notícia abaixo, extraída do site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no ano de 2010:

Projeções no agronegócio brasileiro e estrangeiro impulsionam o mercado de trabalho do agrônomo

De acordo com as projeções do agronegócio brasileiro de 2009/2010 [...], países com grandes populações terão dificuldades de atender às demandas devido ao esgotamento de suas áreas agricultáveis. As dificuldades de reposição de estoques mundiais; o acentuado aumento do consumo, especialmente de grãos como milho, soja e trigo; o processo de urbanização em curso no mundo criam condições favoráveis aos países como o Brasil, que têm imenso potencial de produção e tecnologia disponível. A disponibilidade de recursos naturais no Brasil é fator de competitividade.

Os produtos mais dinâmicos do agronegócio brasileiro deverão ser a soja, carne de frango, açúcar, etanol, algodão, óleo de soja e celulose. Esses produtos indicam elevado potencial de crescimento da produção e das exportações para os próximos anos.

A produção de grãos, por exemplo, deverá passar de 129,8 milhões de toneladas em 2008/09 para 177,5 milhões em 2019/2020. Isso indica um acréscimo de 47,7 milhões de toneladas à produção atual do Brasil, e em valores relativos, 36,7%.

As estimativas realizadas até 2019/2020 são de que a área total plantada com lavouras deve passar de 60 milhões de hectares em 2010 para 69,7 milhões em 2020. Um acréscimo de 9,6 milhões de hectares [...].

Haverá expressiva mudança de posição do Brasil no mercado mundial. A relação entre exportações brasileiras e o comércio mundial, mostra que em 2018/2019, as exportações de carne bovina brasileira representarão 50,6% do comércio mundial; a carne suína representará 16,0% do comércio, e a carne de frango deverá representar 70% do comércio mundial [...].

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N